segunda-feira, 30 de março de 2009

Petisquinho no espaço: Bicho-da-seda

Quando se fala de alimentação apetitosa, realmente, os astronautas não ganham crédito em opinar sobre esse assunto. Não, pelo menos quando estão em suas viagens interplanetárias.
Os profissionais do espaço, por ficarem em lugares muito limitados com condições também limitadas durante o período que passam trabalhando, não tem muita escolha na hora de selecionar o que deverá servir de alimento enquanto estiverem longe de seu ambiente natural.
Aves domésticas, lesmas, peixes e até salamandras eram exemplos, do que poderia compor um menu espacial, mas esses itens apresentavam condições que não favoreciam seu consumo. Por exemplo, galinhas consomem muita ração e precisam de espaço para crescerem e peixes são sensíveis as variações das condições da água.
Porque não incluir então nesse cardápio à la NASA, bichinhos- da-seda? Sim, foi o que concluíram pesquisadores da Universidade de Beihang, em Pequim. Sim, os chineses que já utilizam muitos insetos em suas refeições, afirmam que esses seres se desenvolvem rapidamente e precisam de pouco espaço, pouco alimento e pouca água, para se tornarem parte das refeições intergaláticas, e ainda o que é excretado por eles, servem de fertilizantes para plantas que podem estar a bordo.

Propriedades nutritivas do bicho-da-seda
São extremamntes ricos em aminoácidos fundamentais, como os encontrados na carne de porco. Quanto aos aminoácidos que são encontrados nos ovos e no leite, esses insetos possuem quatro vezes mais em sua composição.

Bom, enquanto os pesquisadores concluem como seria a digestão desses bichos, fica a dúvida: ser ou não ser um astronauta? Antes de tomar qualquer decisão, deixe seu estômago entrar em cena e decidir o que será melhor para o seu futuro nutricional. Mas se você faz de tudo pelo bem da ciência, lembre-se o espaço não é um bom lugar para fazer suas refeições. Até o próximo post.

Fonte:
SCIENTIFIC AMERICAN Brasil

Imagens em:
Saúde Animal
Diferencial

Comentem e compartilhem conosco sobre o que estão achando do Popnutri. As dúvidas, as críticas e também as sugestões são importantes para a melhoria do blog.

sexta-feira, 27 de março de 2009

Estômago em: a voz da verdade

Sexta- feira. Dia de guardar o juízo e a responsabilidade, lá no fundo da gaveta e partir com tudo para o fim de semana. È nessas horas que guardamos também, nossos poucos conhecimentos em nutrição, e mandamos para baixo todo e qualquer tipo de substância alimentícia que vemos pela frente. E ai meu amigo, só o seu estômago vai entender a mensagem desse post.
Direto da Toca do Calango para o Popnutri:

Se meu estômago falasse...
Enquanto isso, no rodízio...

Estômago: - Cara, manera aê com o que vai comer. Essa semana foi braba. Manda uns vegetais pra dentro, porque as coisas no intestino estão feias.

Primeiro prato (800g): arroz, feijoada, cupim, picanha, coração de galinha e tomate.

Estômago: - Tá de sacanagem, né? Duas rodelas de tomate? E essas carnes mal-passadas? Pelo menos mastiga direito.

Segundo prato (550g): arroz, costela, picanha, alcatra e salada de maionese.

Estômago: - Chega de carne, cara, não cabe mais nada aqui. Lembra daquela úlcera? Tá faltando pouco pra cicatriz abrir. Manda um pouco de água.

Bebida: Coca-Cola 600ml

Estômago: - Seu imbecil, eu falei um pouco de água.

Eu: - Ué, Coca-Cola tem água. E ainda ajuda a dissolver a carne.

Estômago: - Coca-cola tem o inferno dentro. Tá fudendo aqui com o suco-gástrico.

Esposa: - Amor, com quem você tá falando?

Eu: - Nada, não, tô pensando alto.

Sobremesa: 300g de pudim.

Estômago: - Eita , cabe mais não. Tá ouvindo?

Intestino: - O que tá acontecendo aí em cima? Que zona é essa?

Estômago: - O cara tá empurrando comida. Agora veio pudim pra dentro. Não sei mais o que fazer.

Intestino: - Vamos mandar direto.

Estômago: - O quê?

Intestino: - É isso aí, operação descarga.

Estômago: - Cara, o cérebro não vai gostar.

Intestino:
- Dane-se o cérebro, ele nunca veio aqui em baixo pra saber como são as coisas.

Estômago: - Vamos dar mais uma chance pra ele. Eu acho que ele não vai mais...

Bebida 2: cafezinho.

Estômago: - Filho da mãe. Vou explodir.

Intestino:
- Operação descarga iniciando. Anda, libera o canal do duodeno que eu já tô conversando com o esfíncter.

Coração: - Que que tá havendo aí embaixo? A adrenalina tá aumentando muito.

Intestino: - Operação descarga.

Coração: - Quem autorizou isso? O cérebro não me mandou nada.

Estômago:
- Dane-se aquela geléia! Nem músculo tem.

Intestino: - É isso aê, dane-se essa géleia inútil. Vinte segundos pra abrir o esfíncter anal. Quero ver tudo arder com esse suco gástrico.

Esposa: - Amor, você tá passando bem? Tá suando todo, aonde você vai?

Eu:
- Preciso ir ao banheiro, urgente. Paga a conta e me espera no carro.

Esposa: - O que você comeu?

Eu: - Não sei. Acho que foi o tomate.

Criatividade realista puara. Até o próximo post.

Comentem e compartilhem conosco sobre o que estão achando do Popnutri. As dúvidas, as críticas e também as sugestões são importantes para a melhoria do blog.

quinta-feira, 26 de março de 2009

Leite de maconha + humor

Esse desenhinho é só para ilustrar o post anterior.
Ps: Só para avisar estamos com o layout de transição. Em breve layout único e inovador para o Popnutri.

Comentem e compartilhem conosco sobre o que estão achando do Popnutri. As dúvidas, as críticas e também as sugestões são importantes para a melhoria do blog.

Leite de maconha?


Sim meus caros amigos. Leite de maconha.
O "hemp milk" é um leite vegetal orgânico, rico em aminoácidos essenciais e ômega 3 e 6. Mais o que torna-o curioso, é que ele é feito a partir da Cannabis sativa L, a famosa planta da maconha.
Quanto aos baratos que essa planta pode trazer, não se preocupem, a substância psicoativa (tetrahidrocanabinol-THC) é encontrada na resina excretada pelas plantas fêmeas, que não é usada na produção desse leitinho, lembrando que o cânhamo industrial tem apenas 0,5% de THC concentrado, enquanto o usado para outros fins, tem 5%.

Outro exemplo de produtos que usam essa mesma "matéria- prima", é o óleo de cânhamo, parecido nutricionalmente com o óleo de canola, devido a quantidade de ômega 3 e 6 presentes em sua composição, numa proporção de tês partes para uma, respectivamente.
Embora esses nutrientes não sejam sintetizados pelo nosso organismo, são importantes para a transmissão de impulsos nervoso, síntese de hemoglobina e divisão celular.
As sementes de cânhamo contém proteínas com alto valor biológico, assim como as sementes de soja, podendo ser uma boa escolha para os vegetarianos, e cada 100g dessa semenetinha ainda é rica em vitaminas B1 e B2.


A posição do Popnutri em relação ao "hemp milk"
È muito cedo para dizer que alimentos produzidos à partir de semente de cânhamo possam fazer parte da alimentação diária das pessoas, pelos efeitos que o uso da maconha provoca. Vai ser extremamente difícil separar a composição nutritiva da sua caracteística alucígena conhecida por todos.
Deixem que os estudos e pesquisas se encarreguem de trazer para o mercado ou não, um produto tão polêmco quanto este.

Quanto à exportação dessa novidade, ainda é um campo pequeno, mas que vem aumentando. No Canadá em 2007, foram exportados US$ 2,1 milhão em semntes, quase um milhão a mais que no ano anterior.

Outros produtos serão lançados em breve, como o sorvete Tempet. Mike Fata, dono da empresa que produz o "hemp milk", diz que o negócio está crescendo, para ganhar ainda mais mercado e ser consumido em todas as partes do planeta.
Agora a comercialização, vai depender das leis de cada país. Aqui no comércio brasileiro a Anvisa será uma grande barreira, como vocês poderão conferir na Folha de São Paulo.

Até o próximo post.

Ps: Só para avisar estamos com o layout de transição. Em breve layout único e inovador para o Popnutri.

Comentem e compartilhem conosco sobre o que estão achando do Popnutri. As dúvidas, as críticas e também as sugestões são importantes para a melhoria do blog.

quarta-feira, 18 de março de 2009

Literatura e crise econômica...e nutrição


Por menos que possa parecer, por mais ingênua que seja nossa posição, nós do Popnutri, também estamos preocupado com a crise financeira mundial. Mas não estamos aqui para tratar de economia, pois este blog não foi criado para este fim.

São 14:45 da tarde. Ainda faltam três horas para terminar meu dia de trabalho. Vale ressaltar que sou auxiliar administrativa, responsável por uma biblioteca com especialidade, graças ao meu curso técnico, em nutrição e dietética.
Esperando a quarta-feira feira acabar, eis que pego em uma prateleira qualquer, um livro e encontro a inspiração para esse post. Luis Fernando Verissimo.

Luis Fernando Verissimo no Popnutri? Sim. Humor, literatura e nutrição nas linhas abaixo.

“E a crise de alimento? Quando só houver arroz, feijão e um pouco de farinha para cada cidadão, quem terá estômago para aguentar? Quem se acostumou desde pequeno, claro. Os subnutridos natos. Prevejo os hospitais cheios de novos pobres sendo atendidos por saudáveis favelados.
-Tome sua sopinha de aipim, vamos. O aipim é deste ano. Eu mesmo lavei.
-Argh!
-Hoje ela tem até um pouquinho de sal. Coragem...
As forças vivas de hoje serão os marginais de amanha. Associação de lavadeiras farão chás de capim beneficentes em prol das damas de sociedade com insuficiência calórica.”


Depois de ter lido a crônica Evolução, não pude deixar de citar esse trecho aqui no Popnutri. Com uma boa pitada de humor genial, Luis Fernando descreve situações que ilustram perfeitamente a tal crise que incomoda, desde diretores executivos de grandes empresas, até operários da linha de produção do setor calçadista.

Leiam o livro “O nariz e outras crônicas”, de Luis Fernando Verissimo, essa é a dica de hoje do Popnutri, trazendo em seu menu, literatura de boa qualidade.

Ps: Só para avisar estamos com o layout de transição. Em breve layout único e inovador para o Popnutri.

Comentem e compartilhem conosco sobre o que estão achando do Popnutri. As dúvidas, as críticas e também as sugestões são importantes para a melhoria do blog.

segunda-feira, 16 de março de 2009

Nesquik: nostalgia alimentícia

Falar sobre paixões antigas não é bem o perfil de quem escreve este blog amigos, mas abro uma exceção nesse caso. Dedico esse post a bebida que foi um marco na minha infância e continua me viciando mesmo 20 anos depois: leite com Nesquik.
Um sabor suave, docinho, com uma cor que abre o apetite só de olhar e o cheirinho, hum... melhor pararmos por aqui, senão terei que ir até um mercado mais próximo e comprar uma caixinha dessa maravilha pronta para terminar essa homenagem.

Breve comentário:
O achocolatado em pó Nestlé Quik surgiu no mercado americano na década de 40 produzido pela Nestlé. Nos anos 50 chegou na Europa onde ganhou o nome de Nesquik, uma fusão do nome Nestlé com quik, que na língua americana quer dizer "rápido, veloz".
Em terras brasileiras apareceu apenas em 1980 trazendo para cá o colhinho mais sapeca e simpático de todos os tempos, o Quik Bunny, aquele que faz do leite uma alegria.

Fiquem agora com alguns vídeos qu efarão vocês entenderem melhor o motivo dessa paixão:

Where Does Nesquik® Take You?

Nesquik new spot tv tiger, Italia

Nesquik Bewildered Advert

Nesquik Deconstructing Advert

Comercial dos anos 80

Comercial dos anos 90

Publicidad de Postre del Conejito "Nesquik" (Argentina)

Nesquik Publicidade 1993

Mais em:Mundo das Marcas

sábado, 14 de março de 2009

Arte nutritiva: booba juice


Caros ilustríssimos amigos do Popnutri, estou aqui hoje, para trazer para o nosso blog uma novidade muito legal que encontrei aqui pelas bandas de Ribeirão Preto: o booba juice.
O booba juice é um kit composto por 2 bottons e 2 adesivos (que eu não sei bem ao certo como são, pois ainda não tenho o meu), e o que chama muito a atenção, é a caixinha super colorida, com elementos muito pop e toda essa caracterização nutritiva que lembra aqueles suquinhos de frutas que todos nós amamos.


As palavras do criador: “ O Booba nasceu meio sem querer, Fui fazer uns bottons com meus desenhos e mostrei para uns amigos, quando vi umas 50 pessoas tinham pedido bottons pra mim. Fiz o pedido e logo em seguida montei o site, orkut pra poder vende-los. Tivemos um lançamento na festa Groselha Fuzz, que sempre trás bandas e djs indie.
A intenção é todo mês lançar uma coleção nova de bottons e não só meus, como de outros artistas e designers.”
(Mateus Bagatini, designer).

Vale lembrar que você pode fazer seu pedido do booba juice diretamente no site do boobabottons.

Esse é um bom exemplo de arte, servida ao mais belo estilo nutritivo. Garanto para vocês que vale a pena conferir e ter todas as caixinhas do booba juice na prateleira de cima da mesinha do seu computador.
Mais uma dica Popnutri em prol de um mundo menos subnutrido de arte. Até o próximo post.

Comentem e compartilhem conosco sobre o que estão achando do Popnutri. As dúvidas, as críticas e também as sugestões são importantes para a melhoria do blog.

quinta-feira, 12 de março de 2009

Macho de Respeito - Dividir Comida?

Perambulando pela web fui pesquisar videos no Youtube sobre comida. Simples e depois de muitos clicks achei esta pérola: A comida não se divide.

quarta-feira, 11 de março de 2009

A crise financeira e os restaurantes argentinos

Saludos hermanos argentinos. O Popnutri também é união nutritiva entre os povos, por isso, o post de hoje trás uma notícia, não muito recente, que ganhou destaque nesse blog, graças uma reportagem que vi no noticiário hoje de manhã.
Trezentos restaurantes fecharam as portas em Buenos Aires nos últimos meses. Tudo isso como reflexo da crise econômica, que, durante os últimos tempos, vem sendo personagem principal no teatro financeiro assustador, que tem como palco, o mundo.
Os motivos que causam essa perda no setor de alimentação dos argentinos: menor número de consumidores à procura de tais serviços, queda de arrecadação dos restaurantes e aluguéis dos estabelecimentos mais caros. Esses são dados divulgados pela Associação de Hotéis, Restaurantes, Confeitarias e Cafés (Ahrcc), da Argentina.
Os consumidores argentinos estão preferindo evitar gastos para pouparem recursos (dinheiro) enquanto a situação não se estabiliza.


Mudando de ares
1-Tem até garçom virando taxista para espantar o fantasma da crise, ou seja, emprego a qualquer custo.
2-O Café Pousadas, situado no bairro turístico da Recoleta, foi substituído por uma botique de roupas?
Precisa de mais exemplos para ilustrar a crise ou deu para sentir o gostinho?

É amigo brasileiro, se você está pensando em atravessar fronteiras, para tomar um café e depois se empanturrar de picanha em uma churrascaria bem portenha, lembre-se: você pode estar ajudando a manter estável, alguns do 120 mil empregos, gerados à partir de 9 mil restaurantes que existem em Buenos Aires.
Quanto aos argentinos, fé, muita fé para espantar os maus tempos financeiros, afinal de contas não há nada mais gracioso que saborear uma bela dose de Trumpeter Merlot, jogando xadrez e ouvindo um tango e quem sabe, até falando de política econômica.

A crise está ameaçando o consumo desses bifinhos, meu caros amigos.

Bom o Popnutri vai ficando por aqui. Hasta el siguiente post.

Mais em:
BBC
Imagens em:
alma de viajante
olhaqueuachei
losmejoresdestinos

Ps: Só para avisar estamos com o layout de transição. Em breve layout único e inovador para o Popnutri.

Comentem e compartilhem conosco sobre o que estão achando do Popnutri. As dúvidas, as críticas e também as sugestões são importantes para a melhoria do blog.

Eu Quero: um cheeseburguer para seu monitor

Trago para vocês mais um item da nossa seção Eu Quero.

Popnutri sempre com muita tecnologia.
Que tal um limpadores de tela, de celular ou de notebook em formato de comida. Denominados como “Sweets Cleaners” são vendidos em diversos formatos com aparência de um cheeseburguer, um pedaço de bolo ou formato de donuts (deliciosas – que fom
e que me deu) as rosquinhas. São feitos de pelúcia apresentando uma forma felpuda e do outro lado lisa.



Direto do Gizmodo para vocês. Só para esclarecer os produtos podem ser comprados direto deste site: ELECOM.
É claro esses gadgets tinham que ser invenções do nossos camaradas do oriente, sim, os j
aponeses. Que povo avançado! Achei o preço um pouco salgado.

Mais em: Gizmodo, C
raziestGadgets e ELECOM.

Ps: Só para avisar estamos com o layout de transição. Em breve layout único e inovador para o Popnutri.

Comentem e compartilhem conosco sobre o que estão achando do Popnutri. As dúvidas, as críticas e também as sugestões são importantes para a melhoria do blog.

segunda-feira, 9 de março de 2009

Hambúrguer, uma questão de arte

Segunda feira, oito horas da manhã, chego, ou melhor, nem chego direito no meu trabalho e quase tenho um ataque cardíaco. Culpa da minha alimentação? Não. Culpa de uma Lexmark que já queimou duas vezes meu estabilizador e não bastando, fez parar de funcionar também o computador da minha coordenadora. Todo esse transtorno apenas para imprimir uma única folha.
Não conseguindo atingir meu objetivo no começo do dia, que era usar a maldita impressora, larguei tudo e fui fazer o que realmente me interessa: navegar na web.
O resultado da minha frustração profissional foi então, essa maravilha post.

Hambúrgueres ricos em gordura? Uma bomba calórica? Isso é papo de nutricionista. Deixando esse lado da história para depois, apresento-lhes alguns lanchinhos cabulosos.
Servem para comer? Não, nem todos. Mas garantem alguns segundos de nutrição artística para quem vê.

Abóbora HambúrguerQueijo bem sugestivo esseHambúrguer tênisHambúrguer de madeira



Essa sessão de fotos é uma homenagem ao lanche símbolo dos hábitos alimentares norte-americano, que graças ao nosso amigo Ronald Mc Donald e companhia, se tornou febre no mundo todo e ganhou suas particularidades dependo da cultura do local onde é feito.
Apesar de lembrarmos logo dos U.S.A. quando falamos em hambúrguer , foram os imigrantes alemães que trouxeram para América esse que se tornaria o lanche mais famoso da galáxia.

Com esse post, encerro com pé direito o primeiro dia da minha semana que promete. De uma coisa tenho certeza, quanto mais tempo a impressora ficar no conserto, mais posts surgirão por aqui.

Mais em:Urlesque

Comentem e compartilhem conosco sobre o que estão achando do Popnutri. As dúvidas, as críticas e também as sugestões são importantes para a melhoria do blog.

quarta-feira, 4 de março de 2009

A dieta da inteligência

Dificuldades em resolver os exercícios daquela prova de geografia? Problemas na hora de passar as fases no seu jogo favorito do Playstation 3? Contas em atraso, devido à falta de atenção? Pois o quinto dia útil do mês ficou para trás já faz quinze dias e você nem sequer lembrou. Sim meu amigo, isso pode ser resultado das suas refeições, ou melhor, pode ser efeito da quantidade de determinados alimentos que você escolhe para compor seu cardápio diário.

A revista Isto É do mês de março, trouxe uma reportagem que merece destaque aqui no Popnutri. Com vocês: o “Menu inteligente”.
Comer menos pode aumentar em até 20% o desempenho da memória em indivíduos saudáveis, é o que diz um trabalho publicado na revista Nature, feito pela pesquisadora Agnes Floel, da Universidade de Muster, na Alemanha.

Pesquisa:
O trabalho foi feito com 29 mulheres e 21 homens, com idade entre 50 e 72 anos. Essas pessoas foram dividas em três grupos.
O primeiro grupo diminuiu em 30% a quantidade de calorias ingeridas diariamente, o segundo aumentou em até 20%, a quantidade de gordura insaturada (presente no azeite de oliva) em sua alimentação, mantendo o mesmo aporte calórico e o terceiro grupo não alterou em nada suas refeições.
Resultado:
O primeiro grupo apresentou melhoras significativas no que diz respeito à inteligência e a capacidade de raciocínio. Esse resultado deixa claro como os nutrientes presentes em nossa alimentação, tem efeito direto em nosso sistema nervoso, ou seja, você alimenta seu cérebro a partir daquilo que você come.

Como isso acontece?
Simplesmente 2/3 da sua máquina de pensar é formada por estruturas que utilizam gordura em sua composição.
A mielina, membrana que recobre a extremidade de certos neurônios, é composta por 70% de gordura e 30% de proteínas, nutrientes estes, que estão presentes também no seu prato de arroz, feijão, bife e batatas fritas, de preferência acompanhado por uma bela salada de alface.

Alimentos importantes para nutrição seu cérebro.
Peixes: contêm Ômega 3, um tipo de gordura que auxilia no processo de sinapse, ou seja, a transmissão de informações de um neurônio para o outro.
Frutas e legumes: possuem propriedades antioxidantes.
Nozes e amendoim: protegem contra o envelhecimento dos neurônios.
Grãos integrais: fornece energia ao cérebro de modo gradual e constante, evitando grandes picos de açúcar no sangue, ao contrário do resultado da digestão de carboidratos menos complexos, como os encontrados em doces.

Na matéria publicada na revista Isto É, você vai encontrar mais alimentos que devem estar presentes em nossos hábitos alimentares diários e que são importantes para manutenção da nossa saúde, além de outras pesquisas que tratam do mesmo tema.

Conclusão do Popnutri: quando você da preferência a alimentos muito calóricos, com uma exagerada quantidade de açúcar ou muita gordura, essa pode ser uma escolha errada, em que você não está usando seu raciocínio, e o pior, essa falta de inteligência pode ser conseqüência daquilo que você vem comendo a dias, meses ou durante sua vida toda. Quanto mais você se alimenta corretamente, mais capacidade de pensar em se alimentar melhor ainda você terá. Até o próximo post.

Comentem e compartilhem conosco sobre o que estão achando do Popnutri. As dúvidas, as críticas e também as sugestões são importantes para a melhoria do blog.

  ©Template Original por Dicas Blogger

  ©Modificado por Rodolpho Zippo

TOPO