sexta-feira, 27 de março de 2009

Estômago em: a voz da verdade

Sexta- feira. Dia de guardar o juízo e a responsabilidade, lá no fundo da gaveta e partir com tudo para o fim de semana. È nessas horas que guardamos também, nossos poucos conhecimentos em nutrição, e mandamos para baixo todo e qualquer tipo de substância alimentícia que vemos pela frente. E ai meu amigo, só o seu estômago vai entender a mensagem desse post.
Direto da Toca do Calango para o Popnutri:

Se meu estômago falasse...
Enquanto isso, no rodízio...

Estômago: - Cara, manera aê com o que vai comer. Essa semana foi braba. Manda uns vegetais pra dentro, porque as coisas no intestino estão feias.

Primeiro prato (800g): arroz, feijoada, cupim, picanha, coração de galinha e tomate.

Estômago: - Tá de sacanagem, né? Duas rodelas de tomate? E essas carnes mal-passadas? Pelo menos mastiga direito.

Segundo prato (550g): arroz, costela, picanha, alcatra e salada de maionese.

Estômago: - Chega de carne, cara, não cabe mais nada aqui. Lembra daquela úlcera? Tá faltando pouco pra cicatriz abrir. Manda um pouco de água.

Bebida: Coca-Cola 600ml

Estômago: - Seu imbecil, eu falei um pouco de água.

Eu: - Ué, Coca-Cola tem água. E ainda ajuda a dissolver a carne.

Estômago: - Coca-cola tem o inferno dentro. Tá fudendo aqui com o suco-gástrico.

Esposa: - Amor, com quem você tá falando?

Eu: - Nada, não, tô pensando alto.

Sobremesa: 300g de pudim.

Estômago: - Eita , cabe mais não. Tá ouvindo?

Intestino: - O que tá acontecendo aí em cima? Que zona é essa?

Estômago: - O cara tá empurrando comida. Agora veio pudim pra dentro. Não sei mais o que fazer.

Intestino: - Vamos mandar direto.

Estômago: - O quê?

Intestino: - É isso aí, operação descarga.

Estômago: - Cara, o cérebro não vai gostar.

Intestino:
- Dane-se o cérebro, ele nunca veio aqui em baixo pra saber como são as coisas.

Estômago: - Vamos dar mais uma chance pra ele. Eu acho que ele não vai mais...

Bebida 2: cafezinho.

Estômago: - Filho da mãe. Vou explodir.

Intestino:
- Operação descarga iniciando. Anda, libera o canal do duodeno que eu já tô conversando com o esfíncter.

Coração: - Que que tá havendo aí embaixo? A adrenalina tá aumentando muito.

Intestino: - Operação descarga.

Coração: - Quem autorizou isso? O cérebro não me mandou nada.

Estômago:
- Dane-se aquela geléia! Nem músculo tem.

Intestino: - É isso aê, dane-se essa géleia inútil. Vinte segundos pra abrir o esfíncter anal. Quero ver tudo arder com esse suco gástrico.

Esposa: - Amor, você tá passando bem? Tá suando todo, aonde você vai?

Eu:
- Preciso ir ao banheiro, urgente. Paga a conta e me espera no carro.

Esposa: - O que você comeu?

Eu: - Não sei. Acho que foi o tomate.

Criatividade realista puara. Até o próximo post.

Comentem e compartilhem conosco sobre o que estão achando do Popnutri. As dúvidas, as críticas e também as sugestões são importantes para a melhoria do blog.

1 Comentário:

Calango 74 disse...

Como poderia ficar bravo, Josi? Fico muito feliz que tenha gostado da postagem e me linkado. Pode pegar o que quiser na Toca. Basta me linkar.
Ah, estou seguindo seu blog agora, viu?

Postar um comentário

Faça seu comentário, deixe sua crítica, dúvida ou alguma sugestão.

Os comentários deste blog são moderados.
Não serão aceitos os comentários que façam propagandas (SPAM), que ofendam os autores do blog ou marcas citadas no post.

  ©Template Original por Dicas Blogger

  ©Modificado por Rodolpho Zippo

TOPO