quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Sal em excesso mata, isso é #fato

Enquanto todos lutam por um mundo menos violento, lutam por uma consciência ambiental que parece estar demorando para se tornar realidade e lutam por tantas outras causas nobres, o PopNutri luta por uma dieta com menos alimentos industrializados simplesmente, e diga-se de passagem, não menos importante.

Depois de ler a reportagem “Reduza o sal e viva mais, alerta novo estudo” pude apenas comprovar mais uma vez, que produtos alimentícios industrializados trazem para o nosso dia-a-dia o sal, essa substãncia aromática que serve também como disfarce para aquilo que o nosso paladar rejeitaria se não fosse acrescido consideravelmente de sódio.

Foi publicado no The New England Journal of Medicine um estudo onde pesquisadores das Universidades de Stanford, da Califórnia e de Columbia afirmam que o consumo exagerado de sal mata, e mata muito mais do que podemos imaginar.

Se os americanos ingerissem apenas meia colher de sopa de sal, o equivalente a 3 gramas, acreditem, 44mil a 92 mil vidas seriam poupadas, e os casos de infartam seriam reduzidos por conseqüência, na média de 54 mil a 99 mil casos. È muito americano morrendo por conta de uma dieta pouco saudável.

No país onde a alimentação equilibrada não faz parte da rotina de todos e essa situação não é exceção, devo afirmar, o prefeito de Nova York, Michael R. Bloomberg pede que os fabricantes diminuam a porção de sal em seus produtos em até 25% já nos próximos anos.

A realidade
Consumimos hoje em dia quase o dobro daquilo que é recomendado quando falamos de sal, cerca de de 10 a 12 gramas, é o que diz o nutricionista Erick Prado de Oliveira (UNESP-Botucatu) o que pode trazer sérios riscos ao organismo, principalmente com relação a hipertensão. Adivinhem se puderem onde está escondida toda essa quantidade de sódio. Nos alimentos industrializados, como dito no início do texto.
Vejam o exemplo citado na matéria original: comer meia lasanha congelada e um pacote de miojo já significa a ingestão de praticamente 3g de sódio, quando o máximo permitido é 2,4g , um exagero claro.

A culpa é nossa
O sal é indispensável para a manutenção da saúde, pois ele ajuda na regulação da quantidade de água no corpo além do iodo que é acrescentado em sua composição que ajuda na prevenção do bócio, mas esses benefícios são sentidos apenas por aqueles que moderam seu consumo. É necessário aprender apreciar o sabor natural dos alimentos e não exagerar na quantidade de nenhum condimento, o que não é uma tarefa fácil.

Desde pequeno as papinhas, biscoitos e outros produtos industrializados são inseridos na dieta das crianças fazendo com que haja uma preferência por esses alimentos industrializados ricos em sódio, que mais tarde pode se tornar um hábito alimentar difícil de ser contornado.

A solução para esse problema pode estar na prática de uma dieta mais saudável, rica em alimentos naturais, está também na atenção que devemos ter ao observar a embalagem dos produtos atentando-se sempre para a tabela nutricional onde podemos constatar a quantidade de cada nutriente e os ingredientes existentes naquilo que comeremos, e principalmente a um sinal que o organismo da quando a ingestão desse condimento está além do que deveria ser: sede intensa.

Esses cuidados relativamente simples podem assegurar a saúde proteção contra um fator de risco bem camuflado e até por que não dizer assim, saboroso, pois é o sódio que muitas vezes nos causa aquela sensação de água na boca ou então torna mais apetitoso aquele salgadinho de milho que seria sem graça se não fosse tão bem temperado.

A alimentação parte da escolha de cada um segundo seus hábitos. A saúde é um objetivo geral. Está em suas mãos a responsabilidade, o benefício é apenas a conseqüência, principalmente na área da nutrição. Até a próxima.

Nota importante: 6g de sal equivale a 2,4g de sódio

Imagem em: Paulo Daltrozo Blog

Crie coragem e comente. Sua opinião é importante para nós os autores do PopNutri.

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Faça seu comentário, deixe sua crítica, dúvida ou alguma sugestão.

Os comentários deste blog são moderados.
Não serão aceitos os comentários que façam propagandas (SPAM), que ofendam os autores do blog ou marcas citadas no post.

  ©Template Original por Dicas Blogger

  ©Modificado por Rodolpho Zippo

TOPO