terça-feira, 16 de março de 2010

O chato dietético

A grande luta entre os criadores e autores deste blog tem suas raízes em uma questão de opiniões opostas.
Eu,
@JosiWoodstock acho que o blog deve ser: Um blog sobre nutrição que pretende mudar o foco que todos os websites especializados sobre o assunto tem, não deve falar de dietas na sua mais pura essência chata que é.
Entretando o
@rodolphozippo pensa de uma forma simples e clara: Dietas é o que todos procuram. O mundo clama por dietas milagrosas.



Pois bem, durante o tempo em que eu deveria estar lendo alguma revista cientifica em busca de uma nova pesquisa sobre um mais novo alimento com alto poder anticancerígeno, minha atenção estava voltada para um livro chamado “Tratado Geral dos Chatos”, de Guilherme Figueredo, o qual inclui o trecho abaixo:

O chato dietético
Maigrir c'est mourir un peu poderia ser uma paródia da canção famosa. A dieta é um processo pelo qual um chato se transforma cientificamente outro em chato. O ex-gordo, como convertido pelos Alcoólicos Anônimos, ronda o prazer alheio como um abutre.

Mas emagrecer é preciso. O diabo é que ninguém descobriu a receita para fazê-lo de modo a assegurar o gozo da saúde e saúde do gozo...
Durante toda a vida procura-se evitar a dor, a dívida, a sogra, a angústia, o patrão, o insosso e o salgado. O equilíbrio de tudo é a dieta, a sórdida dieta de alface cunícula e bife passado a ferro, que garante magra sobrevida, pequeno distanciamento do derrame e do enfarte. Quem passou por todos os especialistas, remédios, ginásticas, massagens, banhos e bisturis concordará em que, pelo menos no primário estágio atual da ciência, só existem as seguintes fórmulas de adelgaçamento:

a) mude de amigos. Repudie os que você colecionou na vida, bons papos, bons garfos, bons hedonistas, gente boa de leitura e de boa arte. Troque-os pelo melancólico sujeito no fundo da leiteira, que contempla o próprio nariz dentro da coalhada;

b)procure um desses três porretes para obesidade: miséria, câncer e dor-de-corno;

c)interne-se num campo de concentração;

d)se o doutor lhe exigir vinte quilos, corte uma perna;

e)mate o seu médico antes que ele o mate.

Contudo, entre devaneios literários, briga de autores e bons pratos de comida, defendo mais uma vez meu ponto de vista: dieta é uma chatice. Até a próxima.

Imagem em: Memorial da Fama

Crie coragem e comente. Sua opinião é importante para os autores do PopNutri.

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Faça seu comentário, deixe sua crítica, dúvida ou alguma sugestão.

Os comentários deste blog são moderados.
Não serão aceitos os comentários que façam propagandas (SPAM), que ofendam os autores do blog ou marcas citadas no post.

  ©Template Original por Dicas Blogger

  ©Modificado por Rodolpho Zippo

TOPO